Sobre como eu “solei” o Dans da Kabum Orange

Sobre como eu “solei” o Dans da Kabum Orange

0

Alô Geeks,
Rizzato na área todo solador.

Acontece que semana passada o Geek Vox foi convidado pela LG e pela Riot (que chamarei de RITO, porque sou v1d4 l0k4) para conhecer um novo produto da linha gamer.

Como único manjador das três lanes de Summoner’s Rift desse site, fui enviado para esta quest junto com um dos ouvintes que eu costumo carregar nas jogatinas de League of Legends, o Rodolfo (conhecido como Arashiro, o feeder).

Fomos recebidos por nossos mains (personagens que são do hall dos que conhecemos mais): meu Wukong e a Irélia do Arashiro (baita coincidência).

Se liga nesses cosplays fodas!

Se liga nesses cosplays fodas!

Depois da calorosa recepção da staff da RITO fomos apresentados ao monitores gamers bolados que a LG já disponibilizou no mercado: a série Ultrawide com proporção 21:9!

Na real os monitores de 29″ e 34″ não são só para games. Eu olhava para aquelas telas estendidas e já conseguia me imaginar editando um vídeo/podcast com uma área enorme destinada às linhas do tempo dos Adobe Audacity e Premier, e ainda ter o Photoshop aberto de um lado e o Illustrator em outro graças à tecnologia 4 Screen Split, que cria até 4 janelas personalizáveis com um clique.

Monitor LG Ultrawide 34UM67

Comparação do Monitor LG Ultrawide 34UM67 com um monitor comum

Porém o recurso Freesync é o que mais chamou a atenção e o que torna o monitor perfeito para jogos. Ele sincroniza a taxa de quadros da placa de vídeo com a de atualização do monitor, eliminando aquela impressão que nos dá de que o gráfico do jogo está “quebrado” em algumas partes, deixando a movimentação dos elementos muito mais fluida.

Para demonstrar que não estava de brincadeira a LG anunciou o patrocínio às duas equipes de League of Legends da Kabum, a Orange e a Black, e preparou uma jogatina com as botlanes das duas se enfrentando.

De um lado a Orange, com o atirador Dans e o suporte Ziriguidun, e do outro a Black, com o atirador Matsukaze e o suporte Espeon.

Arashiro, Rizzato, Ziriguidun e Dans

Arashiro, Rizzato, Ziriguidun e Dans

Deu para perceber que os monitores de 21:9 realmente davam vantagem para os jogadores por causa da maior área de visão que ele proporcionava. Para quem entende do joguinho: tu tava atacando a torre enquanto podia ficar de olho na entrada do rio.

Depois desta partida o evento chamou por jornalistas que estivessem dispostos a jogar também. Claro que eu levantei na hora e me prontifiquei!

O Espeon me cedeu a conta, a cadeira (o mouse do rapaz era o oficial da Fnatic, bem maneiro) e o parceiro: por uma rápida partida eu fui suporte pro Matsukaze.

Rizzato e Matsukaze, a nova dupla da botlane da Kabum Black

Rizzato e Matsukaze, a nova dupla da botlane da Kabum Black

Enquanto isso o Rodolfo foi para o outro lado e fez parceria com o Dans.

Começo da partida foi bem dominante. Matsukaze tryhardou e foi de Annie, eu peguei Tahm Kench (para delírio do GordoX), Dans estava de Thresh (GOD! Nem sei quantos hooks eu tomei na cara) e o Arashiro foi de Ezreal. Meus momentos preferidos foram quando salvei a Annie depois do Matsukaze fazer uma jogada bem agressiva de Flash+Tibers pra um double kill embaixo da torre, e quando o Dans agressivou meu Tahm Kench e consegui trocar kills com ele (soladinho!).

Ganhamos a partida, claro, e passei o resto da noite ouvindo o Arashiro chorar.

Rizzato desligando.

As runas eram meia-boca, mas o mouse era maneiro. Valeu pelos empréstimos Espeon.

As runas eram meia-boca, mas o mouse era maneiro. Valeu pelos empréstimos Espeon.

Arashiro, Rizzato, GordoX e Lunacy

Arashiro, Rizzato, GordoX e Lunacy

GordoX e Lunacy narrando a partida.

GordoX e Lunacy narrando a partida.

About author
Edison Rizzato

Edison Rizzato

Geek amante de música, games e esportes, toca Ukulele, joga League of Legends e assiste NBA e NFL compulsivamente. Entre seus feitos: já matou um dragão na porrada, tocou em bandas e jogou futebol americano na praia.