Geek Vox #129 – BILOCAÇÃO

Geek Vox #129 – BILOCAÇÃO

0

FALAEEEE GALERA!

Está no ar mais um Geek Vox! No programa de hoje, Doug, Dick e Maroto colocam seus sósias fantasmas para discutir sobre o fenômeno de BILOCAÇÃO.

Nesse Geek Vox prepare-se para enteder todas as formas de bilocação, bicorporiedade, projeção espiritual e tudo que envolve estar em mais de 1 lugar ao mesmo tempo.

Coloque os fones de ouvido e tente não imaginar sua bilocação terminando de ouvir esse podcast e comentando antes de você!


Nosso feed para seu agregador > > > http://feeds.feedburner.com/geekvoxpodcast
ASSINE

PARTICIPE

TODO DOMINGO TEM GEEK VOX!

 

About author
Equipe Geek Vox

Equipe Geek Vox

Doug Oliveira & Rodrigo Maroto. Os Geeks que dão voz ao Geek Vox! OUÇA NOSSO PODCAST EM: http://geekvox.com.br/geek-vox/

  • Pingback: Os Comentadores #31 – Podcasts Femininos | Podflix()

  • Pingback: Os Comentadores #31 - Podcasts Femininos | Mundo Podcast()

  • Douglas Oliveira

    Aeeee, aLx, obrigado pelo comentário e que bom que gostou! =D

  • Olha, o Thiago Miro indicou este episódio no Os Comentadores, mas eu não imaginava que seria um conteúdo tão bom, divertido e interessante!

    Parabéns!
    Mereceram totalmente a indicação do Miroslav!

    Abraços.

    aLx
    Os Comentadores

  • Bem legal o episódio! O filme do carinha do escritório eu vi, vou tentar ver o i japonês…
    Obrigado!

  • Fabricio Luciano Viana

    Totalmente excelente… sem mais.

  • Caraca, cegueira violenta a minha.

  • Aline Dllgnl

    *ainda não terminou de ouvir*
    Parabéns pela escolha do tema! É algo que a gente ouve um pouquinho aqui, um pouquinho ali… Mas nunca imaginei que tivessem estudos sobre isso e tudo mais. o.o GV também é cultura. XD~
    Na real a primeira coisa que pensei sobre o tema foi: Cooper em Eurotrip sendo promovido enquanto viajava pela Europa! XDDD SPOILER!

  • Douglas Oliveira

    Eles estão no post, Thiago, na aba “Links desse episódio”;)

  • Edson Oliveira

    Gostei muito do tema (tanto que já reservei o filme para assistir). A histórias do programa em fizeram lembrar de algo que li ainda criança. Procurei na internet, encontrei, e estou colando na íntegra:
    UMA APARIÇÃO PROVIDENCIAL
    O que se segue (conforme se atesta) aparece no London Review :
    No ano de 1828, Sr. Robert Bruce era o imediato de uma embarcação fazendo negócios entre Liverpool e New Brunswick.
    Quando perto das margens de Newfoundland, o capitão e o imediato estavam um dia calculando seu progresso – o imediato na cabine privativa e o capitão na cabine próxima a ela. Absorto em seu trabalho, Bruce não percebeu que o capitão tinha ido ao convés; e, sem olhar em volta, ele disse: “Eu calculei nossa longitude de tal maneira; estaria certa? Como está seu cálculo, senhor?”
    Não recebendo resposta, ele repetiu a pergunta, olhando sobre seu ombro, e percebendo, como ele pensava, o capitão ocupado escrevendo em sua lousa. Ainda sem receber resposta, ele levantou e ficou de frente à porta da cabine quando a figura que ele confundiu com o capitão o olhou e mostrou as feições de um completo estranho.
    Bruce, apavorado com o olhar sério e silencioso, correu para o convés, e o capitão, naturalmente, perguntou qual era o problema. “O problema, senhor, quem é esse em sua mesa?”
    “Ninguem, que eu saiba.”
    “Mas há, senhor, há um estranho lá.”
    “Um estranho! porque, homem, voce deve estar sonhando. Você deve ter visto o comissário ou o segundo imediato. Quem mais iria se aventurar até ali sem ordens?”
    “Mas senhor, ele estava sentado em sua cadeira, de frente para a porta, escrevendo eu sua lousa. Então ele olhou em cheio para mim, e se algum dia eu vi um homem clara e distintamente nesse mundo, eu o vi.”
    “Ele! quem?”
    “Deus sabe, senhor, eu não. Eu vi um homem – e um homem que eu nunca vi antes em minha vida”
    “Você deve estar ficando louco, Sr. Bruce. Um estranho! e estamos fora há quase seis semanas?”
    “Eu sei, senhor, mas então eu o vi”
    “Desça, e veja quem é”. Bruce hesitou.
    “Eu nunca acreditei em fantasmas.” ele disse, “mas se a verdade deve ser dita, senhor, eu prefiro muito não enfrentá-lo sozinho. Eu prefiro que nós dois desçamos juntos”
    Eles foram – o capitão mais na frente – mas ninguém estava lá. Pegando a lousa, o capitão viu as palavras claramente escritas nela, “Vire para noroeste”. Bruce afirmou que não era sua escrita, e o capitão o fez escrever as mesmas palavras para compará-las. O mesmo ele fez ao comissário, ao segundo imediato, e todo homem da tripulação que pudesse escrever, mas nenhuma escrita correspondeu.
    Quando todos os cantos do navio foram vasculhados de proa à popa, com a ansiedade de uma curiosidade empolgada, e nenhum estranho pôde ser encontrado, o capitão consultou seriamente se o aviso não deveria ser obedecido; e finalmente ele ordenou o imediato a mudar o curso para noroeste e colocou um homem de confiança para olhar do lado de fora. Pelas 15 horas um iceberg foi descrito, e depois um desmantelado navio preso nele com muitos seres humanos a bordo.
    Numa abordagem mais próxima, a embarcação foi encontrada simplesmente quebrada, suas provisões exauridas e sua tripulação e passageiros quase famintos. Botes foram enviados a ela e quando um dos homens do terceiro bote subia ao lado do navio, o imediato voltou-se em confusão – pois era a face, a pessoa, a roupa daquele que ele tinha visto na mesa do capitão três ou quatro horas antes.
    Quando a agitação acabou e a embarcação retomou seu rumo, o imediato chamou o capitão de lado. “Parece que não foi um fantasma que eu vi hoje, senhor. O homem está vivo. Um dos passageiros que acabamos de salvar é o mesmo homem que vi a escrever na sua lousa ao meio-dia. Eu poderia jurar isso em uma corte de justiça.”
    Juntos eles procuraram o homem: e o capitão, convidando-o à cabine, pediu a ele o favor de escrever na lousa. “Poderia escrever ‘Vire para noroeste?’”
    O passageiro, altamente intrigado pelo pedido, concordou assim mesmo. O capitão ficou ao lado, e dando-lhe a lousa com o outro lado para cima, ele disse, “Você diria que essa é a sua escrita?”
    “Eu não preciso dizer, pois você me viu escrever”
    “E esta?” disse o capitão, virando a lousa. O passageiro ficou confuso;
    “Eu só escrevi uma destas.” “Quem escreveu a outra?”
    “Isso é mais do que eu possa dizer-lhe, senhor.” “Meu imediato diz que você escreveu isso aqui – sentado nesta mesa – ao meio-dia de hoje.” A conversa continuou, à qual o capitão do navio naufragado, estando presente, se juntou. Ele explicou que esse senhor caiu no que pareceu ser um sono pesado, algum tempo antes do meio-dia, e ao acordar cerca de uma hora depois, ele expressou uma confiante esperança em um livramento dizendo que sonhou estar a bordo de uma embarcação, a aparência e equipamento que ele descreveu, exatamente como apareceu quando ela ficou visível. O passageiro afirmou que não tinha lembrança de sonhar que escreveu coisa alguma. Ele teve a impressão, sem saber como, que a embarcação estava indo ao resgate.
    “Há outra coisa muito estranha sobre isso,” adicionou ele, “tudo aqui a bordo soa bem familiar, apesar de eu estar bastante certo que nunca estive em sua embarcação antes.”
    Ao que Sr. Bruce lhe disse todas as circunstâncias da aparição que ele viu, e eles concordaram na conclusão de que foi uma intervenção especial da Providência.

  • De acordo, esses temas são os melhores.

  • Minha mente quase deu bug durante o episódio. rs
    Episódio excelente.

    Eu ouvi na rua, duas vezes pra entender bem tudo oque foi dito, porém não lembro dos filmes citados.
    Por que não colocá-los no post? =)

  • Rodrygo Tanaka

    Os GV de temas espirituais e terror são os meus favoritos. Pelo menos nesse eu não fiquei com um cagaço depois de ouvir.
    Morrendo de vontade de ver os filmes que vocês comentaram. Em especial o Bairôqueixon e o das duas terras!

  • sherlock lestat

    Só o GV pra me fazer ouvir um podcast onde o meu interesse pelo tema e praticamente nulo. Excelente programa como sempre…parabéns! Sobre o tema, o que eu acho fascinante não é por exemplo, se existiram ou não duas professoras, mas sim o outro lado, ou seja, como é que doze alunos “acreditam” que viram duas, ISSO sim me intriga.

    Acabei de assistir “A Outra Terra”, valeu pela indicação, filme excelente! Pra quem viu e gostou, recomendo “A Trilogia das Cores”. Não tem a parte de ficção científica, mas esse filme me lembrou da trilogia.

    Flws!

  • Gabriel Pecegueiro

    Putz , tb preciso tirar a biloca da cabeça ‘-‘

  • Acelio 013

    muito bom, assunto muito interessante galera!

  • Douglas Oliveira

    BAIROQUEIXOOON!

  • RodrigoJ

    Pensei que não ia curtir muito o tema por ser algo que desconhecia, porém me enganei, muito bom!
    E obrigado por me deixarem com medinho geeks, isso que dá ouvir a noite sozinho =

  • Maycon Binatto

    BAIROQUEIXOOO!!

  • Douglas Oliveira

    Tira a biloca da sua cabeça!

  • Pessoa Aleatória

    Li “bilocação” e pensei em gente sendo ~bilocada~ por ~bilocas~
    Desculpa gente, falhei como ser humano!