[Micro-Review] South Park: The Stick of Truth

[Micro-Review] South Park: The Stick of Truth

0

Fala galera, sou eu de novo!
Hoje venho trazer o review de um dos jogos mais engraçados já feito, hoje venho falar de “South Park: The Stick of Truth“.

Diferente dos outros eu acho que esse review vai ser mais curto, já que não tem muita coisa pra se falar dele sem dar spoiler, ele é um jogo bem simples pra falar a verdade, mas continua sendo muito bom.

cantoSouth Park: The Stick of Truth é um jogo de Ação, Aventura com RPG, desenvolvido pela Obsidian Entertainment e distribuído pela Ubisoft. Ele segue uma mecânica parecida com Final Fantasy, em um combate baseado em turnos, mas diferente do Final Fantasy que você escolhe a ação do personagem e espera, nesse jogo você tem uma participação a mais no combate. Se você simplesmente colocar o seu personagem para bater e esperar, ele vai lá e bater no inimigo, mas vai dar um dano ridículo de fraco, mas se você apertar o botão certo na hora certa, você vai dar uma espécia de “boost” (no Final Fantasy VIII eu acho que tem um esquema de Boost também, mas é só em ataques especiais, Maroto pode confirmar pra mim :P) no seu ataque fazendo com que ele seja muito mais forte e efetivo. Jogo tem um sistema de bloqueio no combate também, se você apertar o botão na hora certa, você poderá bloquear uma parte do dano, não totalmente. Assim como cada habilidade do jogo tem uma forma diferente de ser executada, desde apertar o botão certo na hora certa, até ficar girar o analógico e apertar o botão quando aparecer um brilho na tela. Tem um sistema de invocação também, após você fazer algumas missões para uma certa pessoa, ela pode oferecer o auxilio dela em forma de invocação para você em uma luta, e essas invocações são uma mais engraçada do que a outra.

South Park - The Stick of Truth 2014-03-05 16-49-31-221

É como um RPG tradicional, você tem o seu equipamento, consegue equipamentos melhores no decorrer do jogo, pode melhorar os seus equipamentos adicionando encantamentos neles, conforme você sobe de nível você desbloqueia habilidades novas, aprimoramento para essas habilidades e assim por diante. No jogo você pode escolher entre 4 classes: Lutador, Ladrão, Mago e Judeu.

South Park - The Stick of Truth 2014-03-05 03-42-31-170

Como todo mundo que conhece South Park esperava, o jogo é racista, apelativo, pesado e totalmente impróprio para menores, assim como o próprio desenho. Isso é um ponto muito forte, eles conseguiram fazer com que você tivesse a sensação de estar o tempo todo assistindo um episódio de South Park, se não tivessem as batalhas ou você ter que movimentar o seu personagem pelo mapa, você poderia claramente dizer que estava assistindo um episódio. As referências nesse jogo são gigantes, mas a maior delas é Skyrim, tem várias referências no jogo como: Matrix, Senhor dos Anéis, Dungeons & Dragons, Zelda e por ai vai. Mas Skyrim está como referência na maior parte do jogo, tanto que chamam o seu personagem de Dragonborn.

South Park - The Stick of Truth 2014-03-04 18-55-23-348

O jogo é basicamente uma zoeira sem limites, ele também possuí side quests que são tão divertidas e engraçadas quanto as quests principais do jogo como: Bater em mendigos, procurar Jesus na igreja, etc.
Esse jogo foi feito para fãs de South Park ou aquelas pessoas que não são moralistas, porque vai ter muita coisa pesada nesse jogo do tipo: bater em mulher, bater em mendigos, nazistas, zumbis nazistas, gatos zumbis nazistas, ratos zumbis nazistas, fetos zumbis nazistas, pedófilos e dai por diante.

Por ter sido feito como a animação, eu acho que pra ela fluir de forma correta o jogo teve que ser travado a 30 FPS, mas isso não tira o mérito do jogo e nem estraga ele, ele continua sendo um ótimo jogo.
Em resumo, South Park é obrigatório para quem é fã da série e também serve para aqueles que não são tão fãs assim mas gostam do estilo da série, ele tá com dublagem original dos personagens e a trilha sonora tá engraçada e legal ao mesmo tempo.

O jogo foi lançado para Xbox 360, PS3 e PC, sem censura nenhuma na versão americana, dizem que a versão europeia sofreu censura. E o jogo tá totalmente em português, exceto a dublagem é claro, mas a legenda e interface do jogo está toda em português.

E lembrem-se:

Jamais.

Jamais.

About author
Equipe Geek Vox

Equipe Geek Vox

Doug Oliveira & Rodrigo Maroto. Os Geeks que dão voz ao Geek Vox! OUÇA NOSSO PODCAST EM: http://geekvox.com.br/geek-vox/